A BIBLIOTECA MUNICIPAL DE ALPIARÇA VAI FESTEJAR MAIS UM ANIVERSÁRIO

VISITE-A


domingo, 12 de fevereiro de 2017

As campanhas de marketing

Por:
Rodolfo Colhe
Presidente da Juventude Socialista de Alpiarça

No atual panorama mundial, as campanhas de marketing ocupam um papel importantíssimo, sejam elas de cariz exclusivamente comercial, de cariz político ou campanhas de sensibilização que muitas vezes nos fazem perceber determinadas realidades. Nos últimos dias temos assistido à propagação em massa de um vídeo de valorização de Portugal que apesar de ter uma grande carga de sátira, teve a capacidade de chegar a todo o mundo e refiro-me, claro, ao vídeo que o programa “5 para a meia-noite” fez para apresentar Portugal a Donald Trump, sendo este um bom exemplo de marketing ( https://www.youtube.com/watch?v=mcehg0LG5J4) . Gostaria de deixar um desafio para que alguém criasse um vídeo desse género em Alpiarça porque seria uma boa forma de canalizar a imaginação e de promover Alpiarça nem que para isso tivéssemos de mostrar também os nossos “Tinos de Rans” e parodiar um pouco com algumas situações caricatas da nossa terra. Não tenho imaginação para tal, muito menos consigo tirar uma foto focada, quanto mais gravar e editar um vídeo. Tive enquanto Presidente da JS Alpiarça de optar por ajudar a promover Alpiarça através da divulgação de um dos seus produtos de qualidade e de valor “O Vinho”. No passado dia 4 de fevereiro fizeram-se representar em Alpiarça variadíssimos concelhos do nosso distrito com a única intenção de aprender e de provar o vinho. A iniciativa foi de tal forma interessante que o presidente da AMPV (Associação de Municípios Portugueses do Vinho) e da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro acabou por brincar com a situação dizendo que só na Universidade Sénior se vêm tão poucas pessoas de smartphone na mão e tanta gente com atenção. A verdade é que todos bebemos da sabedoria, não só do já referido Pedro Ribeiro bem como do Engº Sérgio Oliveira da AMPV e do Engº Pedro Gil, enólogo da Adega Cooperativa do Cartaxo. Durante um jantar com perto de 40 pessoas e enquanto moderador foi fácil e agradável introduzir o Engº Pedro Gil para que ele explicasse de forma brilhante algumas coisas sobre a arte de provar vinhos. Bastava praticamente levantar-me para que se fizesse silêncio, tal era a vontade de receber mais informação. Os objetivos foram cumpridos, ganhamos todos novas armas para a defesa dos vinhos do Tejo, convivemos com qualidade e num capítulo mais interno mostramos que em Alpiarça ainda se realizam atividades de grande valor. Esta iniciativa serve para provar que com trabalho, vontade e espírito crítico, as coisas acontecem, mas não confundamos espírito crítico com bota abaixo. Nunca nos devemos esquecer que nenhum concelho é alguma coisa sem as suas pessoas, os seus produtos e a sua história.

Sem comentários:

Enviar um comentário