A BIBLIOTECA MUNICIPAL DE ALPIARÇA VAI FESTEJAR MAIS UM ANIVERSÁRIO

VISITE-A


domingo, 19 de março de 2017

ARTIGO DE OPINIÃO: A Democracia nunca está livre de ser perdida

Por:
Rodolfo Colhe
Presidente das Juventude Socialista
de Alpiarça

Portugal já é conhecido internacionalmente enquanto exportador de produtos tanto materiais como imateriais de qualidade, das boas frutas e peixes, ao nosso artesanato e ao fado, e com muita pena do resto do mundo, o nosso clima e mar não pode ser exportado. Aparentemente estamos a abrir um novo capítulo na exportação, vamos exportar opções políticas. Podendo parecer um pouco louca esta observação tem bastante sentido, e podemos começar com duas recentes eleições, a de Carlos César para vice-presidente da Internacional Socialista (IS) e a de António Costa para a direcção política da Aliança Progressista (uma rede internacional de forças políticas que integra partidos socialistas, trabalhistas e democratas de vários continentes). O reconhecimento por parte de outros países da qualidade do Presidente e do Secretário-geral do PS e da solução política encontrada em Portugal é de todo animadora. Afinal se esta solução não fosse válida, ninguém se quereria associar a ela. A coragem de não recorrer ao populismo, a capacidade para ler a situação e perceber que existia outra via levaram ao actual reconhecimento do Partido Socialista Português. Muitas instituições de ensino, entre elas a própria Universidade de Harvard, têm demonstrado a sua vontade de estudar o cenário português onde foi seguido um caminho diferente daquele que grande parte da Europa tem optado. Modelos perfeitos não existem, nem toda a gente pode ficar satisfeita e ainda há quem não esteja, mas que a coisa tem funcionado, tem.
Não podia deixar de falar sobre a vinda da Ex-Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, a Portugal, até porque fui um dos sortudos que esteve na sala e acreditem que muitas pessoas ficaram fora da sala por falta de espaço tal era o interesse na conferência, até porque as entradas eram gratuitas. Podemos ter dúvidas sobre Dilma ou Lula da Silva, mas acredito que qualquer pessoa que tivesse assistido à palestra sairia bastante enriquecida e esclarecida sobre a situação política brasileira e uma parte dos seus problemas. A Democracia nunca está livre de ser perdida, devemos trabalhar dia após dia para não a perder, tal como é percetível no caso brasileiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário